" Reflexão sobre a Família."

Depois de um longo dia de trabalho, escola e outros afazeres, você finalmente chega em casa e deita em sua cama para tentar dormir.. Só tentar, pois a partir do momento que a sua cabeça encosta no travesseiro automaticamente um turbilhão de pensamentos passam, assim como as decisões/ indecisões, entre outros.

E assim começa uma longa noite.

Você começa a refletir sobre tudo que está acontecendo em sua vida, tanto na pessoal como também na vida pública, aquela em que as pessoas mais comentam e falam muito. Mas, a sua maior preocupação ainda é com o que sua família e as pessoas que você mais ama vão pensar ao saber que você possuí um pensamento totalmente diferente do resto, e por consequência você tem um estilo e uma vida diferente.

Vou confessar que mesmo não querendo a sociedade acaba refletindo em minha e na sua vida, pelo simples fato dela conseguir fazer a cabeça dos nossos pais, avós , tios e por ai vai.. A partir deste momento ficamos naquela dúvida se seguimos as tais regras ditas pela sociedade ou se vamos contra ela, e assim contra os ensinamentos de vida que nossos pais nos passaram.

A família faz parte de você, pois sem ela você não seria nada! E sendo assim você também é um membro muito importante para ela, por isso se vê em uma enrascada quando tenta ir contra as regras das pessoas que vivem com você. Mas, o que fazer para que eles aceitem você do jeito que é?

Bom, uma conversa que tente esclarecer todas as coisas e as deixem claras é muito bom, mas ter pelo menos uma pessoa na família que concorde com você ou simplesmente te apoie já faz toda a diferença.

Minha família é assim: São todos muito unidos quando o assunto sou eu, ou seja, todos unidos contra a Jéssica. Sério, não estou brincando não. Lá desde os mais novos até meus avós discordam de tudo que eu gosto, como por exemplo, música, filmes, estilo, etc.

Porém, quando o assunto é faculdade e trabalho (tudo que está relacionado com o meu futuro) eles me dão a maior força e fazem de tudo para me ajudar. Claro que eu adoraria se eles me apoiassem nas minhas loucuras, como morar na praia e tudo mais.. É complicado viu. Mas eu ainda acho que uma boa conversa é o suficiente, assim com mostrar/ provar para seus familiares que você fala sério, e não é só por gostar de um tal gênero musical que você irá deixar de estudar ou trabalhar.

O que importa é a família te apoiar sempre, e você não deixar a desejar.


" Família em primeiro lugar é o que há.."


Nenhum comentário:

Postar um comentário