A DONA MORTE....


Olá queridos! Peço desculpas pelo meu sumiço de dois dias, mas o motivo foi realmente muito forte...

Quem me acompanha nas redes sociais deve ter visto que publiquei algo relacionado a morte, mais precisamente á morte da minha Grandmother (Bisavó), que veio a falecer no domingo (15-12). Coincidência ou não foi no mesmo dia do meu aniversário de namoro. Sim, eu namoro (não gosto de ficar falando muito sobre vida pessoal, bláblá).

Tudo aconteceu tão rápido... Lembro que acordei no domingo cedo e fiz com que meu namorado saísse logo de casa para que eu pudesse fazer a surpresa. Coloquei bandeirinhas em formato de corações por todo quarto dele, decorei o máximo que eu pude para que, quando ele entrasse tivesse a mesma reação que eu: de pura emoção!

Aquela manhã foi tranquila como eu previa, mas ao chegar em casa veio a notícia que pareceu destruir e arrancar o coração da minha família. "Ela faleceu". Isso bastou para que eu entrasse em choque profundo! Chorei, gritei, e não quis acreditar que minha Bisavó havia partido dessa para melhor. Porquê é tão difícil aceitar? Acho que não importa a religião a qual você pertence, todos nós ficamos abatidos com uma morte na família.

Não costumo ir á velórios pelo simples fato de que ao ver a família em prantos me deixa muito mal, não sei se choro por ter alguém morto na minha frente e que poderia ter vivido um pouco mais, ou pelos outros que ficaram e tentam não acreditar no que realmente está acontecendo.

Mas vocês devem estar se perguntando o porque de eu estar falando em um blog de moda a respeito de morte. Mas é que, com os acontecidos de ontem e hoje e pela morte da minha Bisa, fiquei mexida e resolvi desabafar com vocês. Afinal, antes de tudo quero ter amigas leitoras <3

Pena que não consegui achar nenhuma foto minha e da minha Bisa para postar aqui. Mas mesmo assim, essa foi uma "homenagem" que eu preparei especial para ela. Aonde estiver que olhe por nossa família! Nós te amamos!



Nenhum comentário:

Postar um comentário